14 de dez de 2017

O CÉU DE ABADON — por Erick Russeal

Os fudidos, os desajustados, os filhos da puta assim como eu, a puta toda gozada, bêbada e vomitada que paguei pra fuder, o traficante que pegou meu contato e manda o moleque sujo e todo rasgado deixar a maconha e o pó quando eu quero me entorpecer, o travesti que corrige meus textos, o suicida que logo cedo encontraram no beco, o padre pedófilo que dá o cu ao coroinha, o pastor safado que inventa mil e uma profecias para comer as irmãzinhas, o deputado ladrão, o Juiz que o livra da prisão, o presidente golpista e sua total falta de decoro, o bom marido que adora ser o corno, todos os santos abraçados com tantos loucos, comam agora a hóstia podre do meu corpo, bebam meu sangue com gosto de conhaque do porto, juntos vamos adentrar as portas da eternidade somos os verdadeiros herdeiros da verdade, testemunhas de um novo céu. 

[Por]: Erick Russeal

Nenhum comentário

Postar um comentário