14 de jan de 2015

[Debate] Edições Bonitas - Frescura ou Não?

Eu avistei este artigo, no blog-parceiro "Mato por Livros", da minha more-amiga Fernanda Braga , e no mesmo instante, decidi postá-lo aqui. Trata-se de duas perguntas das quais 'quase todos os leitores' se deparam , e que todos, em sua maioria, já têm suas repostas. Eu, particularmente, sempre tive a minha. \o rs >>> Portanto, confiram abaixo essas duas peguntas/respostas, e fiquem a vontade em debater este assunto.

* Qual a influência da capa de um livro durante o processo de compra? 
Simone: A meu ver, a capa é o cartão de visita de uma obra, assim como sua sinopse. Sempre me atento a capa de um livro, e não escondo que este é um dos principais atrativos quando decido adquirir um livro. Isso não implica que, se a capa não for tão atrativa, eu não queira lê-lo ou comprá-lo, pois já li alguns livros com belas capas e conteúdos lamentáveis. Mas, sem sombra de dúvidas, a capa faz toda a diferença sim , e um dos motivos pelo qual optei por uma excelente capista para minha obra "Entre o Céu e o Inferno", foi o fato de querer um cartão de vista à altura. Aliás, quem fez esta capa foi a autora e também capista Adriana Brazil, e ela soube captar toda a essência do enredo, o que de certa forma, é super importante também.

Eu vejo muitas capas por aí que não condizem com o seu conteúdo, e isto é terrível. Toda obra tem que ter um propósito e fazer dele um conjunto único e exclusivo. Às vezes a pessoa escreveu sobre pássaros e insere na capa 'um sapo'. Pelamor, isso é de doer. Acho que até mesmo uma nova edição de capa é válida, desde que essa venha a somar para/com o conteúdo.


* Uma edição mais detalhada e bonita é sempre mais cara?
Simone: Nem sempre uma edição mais detalhada quer dizer que a capa em si é mais bonita. Pode acontecer de os detalhes serem tantos, adornando-a de uma forma que, aos olhos mais aguçados, transgrida sua beleza ou essência. Obviamente que uma capa mais detalhada têm um valor pré-e-pós-produção maior, afinal de contas, ela têm o seu diferencial. Portanto, na maioria das vezes, ela é mais cara, tanto em sua produção como para a venda.

Eu, particularmente, se sou fã da obra em questão, faço das tripas coração para tê-la em mãos. E se acaso não  conseguir isso, é porque o meu bolso $$$ não permitiu. rs

Finalizando: Edições Bonitas  Frescura ou não?
Simone: Isso depende do ponto de vista de cada um. Eu, de fato, não encontro frescura alguma nisso. E você? O que me diz sobre isso?

Link da postagem: Mato por Livros

4 comentários

  1. Olá, Simone, verdade isso, as vezes a capa não tem nada a ver com a história, acho isso nada a ver, mas acontece....e as vezes a capa é linda e nada a ver com o conteúdo!
    A capa é mesmo o cartão de visita, pois como eu falei na minha postagem sobre o assunto, se vou na livraria a esmo comprar um livro a capa dele é justamente o que vai me guiar primeiro. Claro que a decisão será após ler a sinopse....
    mas confesso já comprei livros pela capa....kkkkkk, me julguem!
    bjs e fiquei feliz que tenha manifestado sua opinião!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então somos bem parecidas, Re! ;)

      VOLTE SEMPRE, more!

      Beijosssssss

      Excluir
  2. Oi Si.

    Amei suas respostas, visto que sou ainda muito confusa sobre o tema kkkk.
    Mas concordo com o que disse em tudo. Não tem o que discutir, a capa é sim o cartão de entrada de uma obra. E claro tem capa linda com conteúdo ruim, assim como o inverso também é real.

    E claro como você disse, acho importante que a capa transmita o conteúdo do livro, ou pelo menos que ela não nos remeta a coisas "nada a ver com a história" rs.

    Muito boa sua posição.

    Beijossss
    Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIM, Fe!

      É essencial que a capa transmita o seu conteúdo.

      Beijossss no seu coração, amore.

      Excluir