8 de jul de 2016

[Texto]: Eu Mudei — por Carolina Gama

Não que seja importante pra quem vê, mas tem sido importante pra mim. Não que seja definitivo, também, mas a graça de mudar é justamente essa. 

Eu mudei e continuo mudando. Com o tempo, com as pessoas, com as descobertas e comigo mesma. Não, eu não estou dizendo que sou outra pessoa. Muito menos que deixei de ser a mesma com quem já me conhecia. Mas mudei de ideais, de conceitos. Daquela mania que eu tinha de ser exatamente o que agrada os outros. 

Mudei de vontades e de receios. Mudei meus pensamentos de lugar e comecei a dar espaço ao que realmente importa, ao que eu realmente quero ter por perto. Sim, eu mudei. Não curto mais certas bobagens, não quero mais certas bagagens. Não quero mais o que não me acrescenta. Amadureci o que tinha que ser e continuo buscando a mim mesma. Mais mulher, mais responsável. Mais cuidadosa, mais discreta. Alguém com menos contas a prestar. 

Não que eu não seja o que sempre fui, mas tenho priorizado novos ares. A diferença é grande.

Texto de: Carolina Gama
Via blog: Ensaiando

4 comentários

  1. Mudar é algo as vezes necessário, mas prefiro dizer que somos a tal metamorfose ambulante, amiga. Lindo texto... beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Ro! Há de se ter mudanças, e SIM, somos a metamorfose ambulante.

      Beijossssss

      Excluir