14 de jul de 2016

[Falando em]: LIMBO — ANTOLOGIA

E novamente fui presenteada pelo amigo e escritor Aldo Costas. Aliás, essa antologia foi organizada por ele e publicada pelo seu novo selo, onde destaca-se a literatura nacional. Desde já agradeço os presentes, pois SIM, além do livro foi enviado também marca páginas e, por fim, uma linda camiseta. S2 Trata-se de um livro com 5 contos de cunho refletivo, onde o LIMBO, em diversas linguagens e não apenas a prosélita, são pano de fundo. Agora convido a todos para conferir a sinopse e meu breve parecer de LIMBO, uma publicação do Selo Nexus-6.


Sinopse: "Logo, as liberdades, imaginações, delírios e pavores da Ficção Fantástica deste livro estão justificadas pela jornada da Cultura, da Civilização e do Eu.” São contos que se aprofundam na essência e psique do que transcende, do que é inconsciente e do que é cotidiano. São visões particulares de mundo, de pessoas e caminhos que fogem do habitual. Uma busca solitária pelos sentimentos e pelas respostas de perguntas que são feitas de centenas de formas diferentes, como se precisássemos pular de lugares cada vez mais altos... cada vez mais escuros... a cada dia... a cada hora... a cada minuto... pular cada vez mais... Os contos não buscam a compreensão. Os contos não traçam um caminho seguro. Eles os levarão por caminhos traiçoeiros. Mostrarão lugares perdidos. Mentirão. Te dirão duras verdades. Farão com que esqueçam por segundos, dessa tosca realidade que sempre será tão irreal quanto o mais real dos livros. Então venha  este livro te levará aos sonhos e aos pesadelos.


"Porque cada qual carrega o seu limbo" 




Envolvente! 
Indagante!
Assustador!


Nesta coletânea o leitor ficará de frente com 5 contos, cada qual levando uma mensagem, onde os personagens, de alguma forma, procuram por redenção... Ao menos foi assim que enxerguei. Com tramas construídas para que o leitor reflita suas ações, onde muitas vezes é perdida entre o limbo de nosso próprio âmago: seja por algo que não se pode ser/ter; seja por querer/fazer o pior por prazer; com um pré e pós-julgamento, ansiando por sair do limbo de nossas próprias ações. 

Como se trata de um livro de contos, não há como me expressar em totalidade, pois cada conto carrega sua história e suas lições, sempre com um fundo de suspense e terror. Portanto, deixarei abaixo três quotes dos contos que mais gostei.
Mesmo à luz de velas ele reconheceu o objeto. Pegou-o. Um punhal de prata. Hesitou apenas um instante. Terminou de vestir-se, contemplou novamente sua aliança, escondeu o punhal e o casaco e saiu.
No quarto, a música acabava no exato momento em que seus pés tocaram a antessala, e ele, enlouquecido por ela, tomou isso como um sinal; viu no final da música o começo de uma vida de amor. (Conto: Canto Para a Minha Morte, de Telma Myrbach)  


— Talvez aqui seja o limbo, afinal — Tyrr disse com entusiasmo. O rapaz conseguiu sentir paz perante a beleza que o cercava, por mais estranha que a ideia fosse.   O inferno não deve ser tão belo  completou a frase, reparando na careta de dúvida na qual Lexia o observava.
Mas a beleza nunca foi o problema. A questão sempre foi os outros habitantes daquele lugar. Afinal, quando olhamos a casca, não sabemos o que há em seu interior, às vezes, a beleza só serve para esconder o mau que há por detrás dela. (Conto: Condenados, de Amanda Bistafa)


 Não... eu sou quem irá terminar tudo isso. Por isso não criei compatibilidade... o programa tem falhas. Não sou realmente o criador. Fiz apenas os registros em códigos. E está na hora de tudo terminar. É impossível obter a imortalidade. A eternidade é uma maldição... somos baseados em conceitos... e não existe mais o porquê de ter conceitos. Tudo isso são apenas cópias que agem como se tivessem vida. Não existe mais vida... da espécie que se achava o dominador de tudo! (Conto: Niid  Fim da Existência, de Aldo Costas)
Eu gostei bastante do que li. A propósito, eu li todo conteúdo em questão de horas, pois os contos são envolventes e fruíveis. Porém, tenho que dar destaque a dois contos, ou seja, o da Amanda Bistafa, intitulado como "Condenados" e também o do Aldo Costas, que leva como nome "Niid  Fim da Existência", pois ambos me envolveram de tal forma que fiquei ansiando por um livro deles, com tramas cativantes e bem construídas, além de uma narrativa empolgante. Ah, tenho que dizer que fiquei emocionada e grata em ver o meu nome nos agradecimentos, e ao final do livro, o nome da minha primeira obra — Entre o Céu e o Inferno  dentre tantas outras obras nacionais como indicação/divulgação. S2

Os contos são narrados em primeira e terceira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; sua diagramação está com fontes e espaçamentos excelentes, sempre apresentando no início de cada história uma linda imagem, deixando o conjunto da obra ainda mais atrativo e de encher os olhos, envoltos em papel pólen (o amarelinho); e sua capa é linda, estampando um caos humano/demoníaco. Por fim, para você que curte uma leitura rápida e envolvente, de cunho refletivo e com um "quê" de suspense/terror, eis essa excelente dica.


Livro: LIMBO (Antologia)
Autores: Yeda Borges, A.C. Maximiliano,
Telma Myrbach, Amanda Bistafa e Aldo Costas
Gênero: Contos  Suspense/Terror
Editora: Selo Nexus-6
Ano: 2015
Páginas: 212

• Adquira o livro clicando AQUI.

7 comentários

  1. Nooosssaaaaaaa!!!! Parece interessante. Parabéns, Simone! Ótima resenha ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIM, Josy! Para quem curti antologias de suspense/terror é uma excelente pedida. \o/\o/\o/ EU GOSTEI MUITO! S2

      Beijosssssss

      Excluir
  2. Fantástico, Simone!!!! E fico muito feliz que tenha gostado. Esse livro foi feito em parceria com os 5 autores - foi um projeto coletivo e uma forma de publicar um livro que não tivesse apenas o objetivo de ser comercial... que transmita a essência da escrita de cada um dos autores - sem eles esse livro não existiria - sem nenhum deles!!!!! E o legal é que você leu bem rápido mesmo... devorou, rsrs... isso aí, moça!!!!! Obrigado pela fantástica resenha, pelas maravilhosas palavras... fico feliz por ter gostado!!!! E viva a literatura nacional contemporânea!!! SEMPRE!!!!! E sucesso com seus livros!!! Você é uma maravilhosa escritora!!! ;) :) (Y)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aldo, é sempre um prazer ler os seus textos e apreciar as antologias que você organiza, pois são sempre de cunho refletivo e muito bem organizadas. Parabéns! E novamente, OBRIGADA! Todos os autores estão de parabéns! S2 E VIVA a literatura nacional. \o/\o/\o/ Muito êxito para todos. Agradeço e fico lisonjeada pelo elogio.

      Abraçossssss

      Excluir
  3. Além de Simone, pela maravilhosa resenha. Tenho que agradecer: Yeda Borges, Amanda Bistafa, A.C Maximiliano, Telma Myrbach pelos contos e a Ricardo Labuto Gondim pelo texto da orelha!!!! Obrigado!!

    ResponderExcluir
  4. Amei a resenha!!
    Eu ganhei o livro da Amanda, mas na correria ainda não li, fiquri toda orgulhosa de ter gostado e citado o conto dela!!! Previso ler ele logo!

    Bjus Si ��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIM, Déa! Leia. Tenho certeza que você vai curtir.
      Ah, sua irmã manda bem pacas. Leio até a lista de compras dela. \o hahaha

      Beijossssss

      Excluir