7 de jul de 2016

Escrita em 1ª pessoa X 3ª pessoa


Eu encontrei este artigo na linha do tempo de um grupo que participo no facebook, e achei de grande valia repostá-lo aqui, é claro que com os devidos créditos. Aliás, eu prefiro a narrativa em primeira pessoa, pois me sinto mais próxima da trama e dos personagens. S2 Confiram:

------------ xxx ------------


Ninguém disse que escrever textos, contos e livros é fácil. Temos muitas decisões a serem tomadas e uma delas é a narrativa! Todas têm suas vantagens e desvantagens, vamos analisar algumas delas nesse post! 

O contato.
1ª pessoa: O leitor está em constante contato com os pensamentos do personagem principal, sabe exatamente o que ele pensa e como se sente.   

3ª pessoa: O leitor está em constante contato com o ambiente onde o personagem está e o que outros personagens sentem ou pensam. 

Os acontecimentos. 
1ª pessoa: Sabe dos acontecimentos através do ponto de vista do personagem principal. 

3ª pessoa: Pode saber dos acontecimentos através de vários pontos de vista. 

Pensamentos. 
1ª pessoa: Pode escrever diretamente o que o personagem pensa, mas só do personagem principal (a não ser que ele leia mentes, é claro). 

3ª pessoa: É necessário utilizar recursos como aspas (“), dois pontos (:) ou um aviso como “Joana pensou”. Você pode colocar o pensamento de qualquer personagem. 

Sensações. 
1ª pessoa: Descreve as sensações de acordo com o que o personagem principal sente, o que ele toca e o que vê. 

3ª pessoa: Pode descrever todo um cenário sem necessitar dos personagens. 

Segredos. 
1ª pessoa: Para que você fique sabendo de alguma “picuinha” que há na história, o personagem principal terá que ouvir, ver, ser avisado sobre o que alguém está tramando ou ser aquele quem está planejando. 

3ª pessoa: Para que você fique sabendo de alguma “picuinha” é só o escritor decidir que você saberá sobre ela e escrever. 

Mudança de personagem. 
1ª pessoa: Ao mudar para outro personagem é necessário um aviso da troca, já que os personagens têm pensamentos diferentes e pontos de vista diferentes. 

3ª pessoa: É só começar a escrever sobre o outro personagem. 

Agora vamos sintetizar um pouco! 
A escrita em primeira pessoa é uma coisa mais pessoal e você é levado pelo ponto de vista do personagem principal. É uma narrativa mais emocional onde o leitor é guiado pelas emoções e sensações constantes do personagem. Essa foi a narrativa que eu escolhi para o meu livro, porque eu queria que os leitores sentissem o que a Dolores estava sentindo, são suas emoções que levam o leitor. 

A escrita em terceira pessoa é algo mais distante e você pode saber da história em geral. Eu acho que é um modo mais “frio” de se escrever, porém é ótimo para descrever tudo o que está acontecendo, principalmente se você quiser dar enfoque em outros aspectos da história além do que o personagem principal está pensando. É bom quando você pretende focar na história ou sentimentos de mais de um personagem ao mesmo tempo. 

Minha opinião. 
Eu uso mais a escrita em primeira pessoa porque eu acho que ela tem um tom mais leve e acredito que seja mais fácil de escrever uma história divertida. Geralmente uso a escrita em terceira pessoa quando quero escrever algo mais denso e cheio de detalhes. 

Por: Ayumi Teruya
Via blog: Pandinando

Nenhum comentário

Postar um comentário