23 de out de 2018

[Falando em]: Elite — Série

Após o estrondoso sucesso de LA CASA DE PAPEL (para conferir a resenha clique AQUI e AQUI), fomos presenteados com uma nova série espanhola. Para quem ainda não conhece, pode pensar que se trata de um clichê de adolescentes... Bem, em parte SIM! Mas não se engane, a série mostra mais que um clichê, ou seja, uma trama cheia de reviravoltas, além de instigante. O lançamento pela Netflix foi no último dia 05/10/2018. Agora convido a todos para conferir a sinopse, trailer e o que eu achei de ELITE. Vem junto! o/


Sinopse: Depois de um problema na escola que frequentam, três alunos do ensino público são transferidos para a Las Encinas, a melhor e mais exclusiva escola na Espanha, onde os filhos da elite estudam. O choque entre os menos favorecidos e aqueles que têm tudo culmina em um assassinato. Agora resta saber: quem está por trás do crime?



FICHA TÉCNICA 
Título original: Élite
Temporada 1
Episódios: 8
Duração por episódio: De 40 à 50 minutos
Gênero: Drama
País: Espanha
Ano: 2018 (na Netflix)
Criado por: Carlos Montero, Darío Madrona
Elenco: María Pedraza (Marina), Miguel Herrán (Christian), Jaime Lorente (Nano), Itzan Escamilla (Samuel), Miguel Bernardeau (Guzman), Álvaro Rico (Polo), Arón Piper (Ander), Mina El Hammani (Nadia), Ester Expósito (Carla), Omar Ayuso (Omar), Danna Paola Danna (Lu)


Tudo se inicia quando três alunos recebem como indenização de um desabamento da escola em que estudavam, uma bolsa de estudos em uma das mais consagradas escolas, onde a  elite predomina. Samuel, Christian e Nadia são os três novos alunos da Las Encinas. Em meio a diferença sociais, ambos são hostilizados pela elite. E nessa confusão, há um roubo de relógios,  que ocasiona a morte/assassinato de Marina (isso não é spoiler), filha do responsável pelo desabamento da escola.


MINHAS CONSIDERAÇÕES:
Aquela máxima: "Não julgue o livro pela capa" faz sentido aqui, afinal, ao ver o pôster da série pensei que assistiria mais um conteúdo de adolescentes bobinho. Eu julguei... E caí do cavalo. Eis uma excelente aposta, com o roteiro amarrado e personagens bem construídos. Há uma subtrama sobre a peça principal: um conteúdo que aborda de tudo um pouco, com romances e desavenças, homossexualidade, diferenças religiosas, HIV e muito mais. Contudo, a cereja do bolo é o assassinato de uma das alunas, o que interliga a vários personagens e situações que se desenrolam, o que fez com que eu tivesse muitas teorias de quem, de fato, a teria assassinado. Apesar de algumas obviedades, a trama surpreende, fazendo do final instigante, deixando uma ponta solta que, claro, já foi confirmada para uma segunda temporada (ebaaaaa \o/). Lembrando que para uma série que tem como pano de fundo adolescentes, há uma variedade de cenas  digamos assim  de conteúdo adulto. Seu eu gostei?! SIM, EU ADOREI!!! E estou ansiosa para conferir a segunda temporada. o/

Nenhum comentário

Postar um comentário