14 de jul de 2014

Texto: Se piorar, estraga! (por Simone Pesci)

E assim é o seu dia e sua vida... 

Você acorda as 05:30hs da matina, de segunda a sexta-feira (as vezes aos sábados e domingo também), pois és peão — e todo peão que se preze fica a mercê da chefia. Ainda sonolento(a), segue segurando pelas paredes do quarto e do corredor de casa, tentando equilibrar-se, até chegar ao seu destino. Então, você se banha (que não é o caso de todos), escova os dentes (ou dentadura), dá um tapa no Johnny (ou cabelo se você preferir), fica encarando-se no espelho por ínfimos segundos, questionando a DEUS o por que não nasceu rico ou ainda não ganhou na MEGA SENA?

Algum tempo depois você se troca para mais um dia de batalha (sem tomar café), pois esse horário dá uma preguiça da porra de ir até a padoca comprar um pingado — e segue para mais um dia de tortura. Chegando no serviço, avista a pilha de relatórios e muitos outros serviços que nem é seu ofício, mas que por fim, tem que fazer pois é o cargo mais reles do escritório (ou até mesmo de uma instituição). E, seu supervisor (gerente ou diabo a quatro), olha diretamente dentro dos seus olhos, com um sorriso estonteante, pois decerto irá degustar em sua sala (com equipamentos áudio-visual de última geração), de um fantástico café da manhã e sem sequer ter que dar satisfação para qualquer pessoa. Por fim, seu estômago está roncando, virado na larica (sem mesmo fumar um), quando ainda escuta:

— Bom dia!

E, naquele instante (com o estômago roncando mais do que nunca), seu pensamento é o seguinte:

 [...] se piorar, estraga!

(texto por - Simone Pesci)

Nenhum comentário

Postar um comentário