26 de mar de 2016

[Falando em]: A Escalada de Eva — de Elaine Elesbão

Eu ganhei este livro tempos atrás, da minha amiga e editora Nanda Gomes (P.S: Obrigada, Nam!). Aliás, a escritora Elaine Elesbão faz parte da mesma casa editorial a qual pertenço. No entanto, essa obra é uma publicação de outra editora. Trata-se de uma trilogia, sendo que este livro: "A Escalada de Eva, As Duas Faces de Uma História" é o primeiro livro. Eu já pude conferir outro texto da Elaine que muito gostei, chamado "Risco Calculado" (para conferir a resenha, clique AQUI). Agora confiram a sinopse, book trailer e resenha de A Escalada de Eva, uma publicação da editora Isis.


Sinopse: Há uma década a vida de Eva Fiore foi marcada por uma tragédia  a perda do seu grande e único amor. Na esperança de esquecer o passado, ela se reinventa tornando-se uma profissional bem-sucedida que é admirada por ter assumido com muita competência o escritório de advocacia da família. Essa mulher atraente e talentosa nunca mais conseguiu se relacionar emocionalmente com alguém, e nenhum dos inúmeros homens que ficam caídos aos seus pés foi capaz de despertar os seus sentimentos ou ressuscitar o seu prazer. No dia em que a maior tragédia da sua vida completa dez anos, Eva, inesperadamente, depara-se com um homem exatamente igual ao seu antigo amor. Será um devaneio? Um delírio? Uma alucinação? O que Eva ainda não sabe é que o passado e o presente estão entrelaçados e, na tentativa de descobrir como um homem pode possuir o mesmo rosto de outro, acaba deixando-se envolver. Apaixona-se e cai nos braços do ardente e irresistível Thomas Valente, um médico temperamental e sedutor que cheira a encrenca e a sexo. O tórrido romance, repleto de desejo e segredos, vivido por Eva e Thomas os transforma completamente e faz com que as suas vidas sofram uma enorme reviravolta. Emocione-se com As Duas Faces de Uma História, o primeiro livro da trilogia A Escalada de Eva, que promete acelerar o seu coração e mexer com a sua libido.



"Porque estar entre duas faces pode tornar-se delicioso"





Envolvente!
Instigante! 
Revelador!

Eva Fiore é uma advogada bem-sucedida, independente e intitulada por seus amigos como "a destruidora de corações", há anos não se envolve com nenhum homem, pois por uma rasteira do destino perdera repentinamente aquele que amou, o amigo de infância e único amor, Nicolas, com quem foi noiva e que nos últimos anos de sua existência morou junto com ela, tornando-os um só, envoltos num amor sincero e puro que nascera com a convivência, ou seja, desde os primórdios.
O meu único consolo foi que amei demais e, tirando o adeus que não pude dar, falei todos os "eu te amo", dei todos os beijos e abraços, fiz todos os carinhos e afagos e emocionei-me com cada gesto de ternura, com cada pequena demonstração de afeto, com cada segundo que durou o relacionamento que tive. Acho que toda a quota de amor a que tinha direito na vida foi utilizada com Nicolas, e creio que não restou mais nada. (Livro: A Escalada de Eva, Pág.16)
Ela fica dilacerada quando perde seu grande amor, eis que decide reinventar sua vida, dedicando-se para/com o seu trabalho, não se envolvendo seriamente com mais ninguém, levando os dias desta forma. Até que, um belo dia, quando menos espera e no escritório de sua família (o mesmo que é encarregada a administrar e também trabalhar), dá de cara com Thomas, um médico pediatra de 33 anos, que está ali para usufruir dos serviços jurídicos, sendo atendido por sua amiga, a advogada Sara. No mesmo instante que os olhares de Eva e Thomas se cruzam, ela fica estupefata e  diga-se de passagem  transtornada, pois a semelhança entre Thomas com seu ex, Nicolas, é grande.
Ele me estende a mão e a sustento.
 Muito prazer, sou Thomas Henrique Lins Valente.
 O prazer é meu, sou Eva Maria Fiore.

Não gosto, porém não deixo de observar outra coincidência, além de ser extremamente parecido com o Nicolas e de ser médico, tem o mesmo segundo nome, Henrique. Nicolas Henrique Chapman, esse era o nome do meu noivo. (Livro: A Escalada de Eva, Pág.30)

Desta forma, Eva se vê de frente com muitas coincidências... Além da aparência, Thomas também segue o mesmo ofício do qual Nicolas exerceria se estivesse vivo, sem contar outras tantas coisas que a deixa mais envolvida e confusa. Assim, eles começam a se envolver, porém, apesar das características iguais, ambos são bem diferentes internamente... Nicolas era um homem que carregava consigo mais leveza e suavidade, características plausíveis e que de certa forma, toda mulher sonha. Enquanto Thomas é puro fogo e paixão, além de extremamente ciumento. Contudo, mostra-se um excelente amante, além de realmente passar a amá-la, algo que acaba por tornar-se recíproco.
Jamais considerei a hipótese de sentir tanto prazer com alguém, nunca imaginei encontrar um homem que me fizesse melhor o meu desejo, o meu corpo e a minha libido. Se com o Nicolas tive amor e doçura, com o Thomas acredito que posso ter muito mais... Que posso ser mais. A minha sensualidade e a minha sexualidade foram despertadas e atiçadas por esse amante incrível, que, apesar do seu enorme furor, é carinhoso e dedicado. (Livro: A Escalada de Eva, Pág.130)
O envolvimento entre ambos torna-se cada vez mais intenso, assim como a curiosidade de Eva em descobrir tais coincidências entre Thomas e Nicolas, algo que ela ainda esconde de seu atual affair, pois teme que assim que souber que seu ex é bem parecido aparentemente com ele, enxergue a situação de forma negativa, afastando-se dela. A partir daqui cesso os meus comentários para não soltar spoilers

Eu me entorpeci deveras com este enredo, AMEI como a autora conduziu a trama, com uma escrita bonita de se ler, especialmente nas cenas HOT, que estão super bem escritas e de encher os olhos e a libido. Os diálogos entre os protagonistas, ou seja, entre Eva e Thomas são entorpecentes e algumas vezes bem divertidos. Eu fiquei diversas vezes emputecida (e também louquinha de desejo) com ele, pois o achei extremamente ciumento e controlador, características que são essenciais para/com a trama, pois assim como Eva tem sua escuridão particular, Thomas também tem, e o propósito maior é um salvar ao outro. No entanto, eu esperava um pouco mais de dinamismo na construção do enredo, com tantos segredos (entre outras coisas), deixando de lado o dia a dia entre ambos, foi quando me dei conta que a autora conduziu desta forma, pois trata-se de uma trilogia, e que, provavelmente, teremos muito mais nos livros 2 e 3. O final ficou entreaberto, com uma nova revelação (e situação) a qual me deixou instigada para ler sua continuação.

O livro é narrado em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação é simples, com espaçamentos e fontes no tamanho perfeito; sua capa é bem bonita, estampando uma rosa vermelha, dando a entender que surge um novo florescer para a protagonista, ou seja, uma nova escalada no amor para Eva. Por fim, para você que curte um enredo romântico e envolvente, eis uma excelente pedida. \o



Livro: A Escalada da Eva, As Duas Faces de Uma História (Livro 1)
Autora: Elaine Elesbão
Gênero: Romance
Editora: Isis
Ano: 2013
Páginas: 284

2 comentários

  1. Apesar de não morrer de amores pelos hots da vida, me interessei por essa história, mas puxa vida, odeio ter que esperar...geralmente quando sei que vai ter mais livros acabo esperando, para comprar junto, pois me dá "coisas" ficar esperando pela continuação ahahahahahahaha
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Re, eu também não sou tão fã do gênero hot, a não ser que ele tenha história, o que pouco vejo, especialmente em alguns títulos recentes. Aliás, esse tem cenas bem hot, além de ter história. A única ressalva é que achei que o enredo focou muito no dia a dia dos personagens, e isso, de certa forma, me incomoda. No entanto, vale a pena conferir.

      Beijossssssssss

      Excluir