13 de fev de 2015

Eis o meu grito de CARNAVAL...

Falando em Carnaval (...) Apenas um parecer encontrado na internet resume tudo o que eu penso sobre isso. Num país onde o povo sofre, sem suporte algum , e os ricos deleitam-se numa conveniente ignorância (...) Eis o meu GRITO DE CARNAVAL! Depois dessa 'patifaria e putaria' voltamos as atividades normais: sem água, sem atendimento em hospitais públicos, sem educação, com impostos aumentando a cada semana, por fim: sem nada do que é de nosso direito, pois pagamos impostos. Aos que curtem a 'festa da carne mais  conhecida do mundo': bom divertimento e se cuidem!



Carnaval: indústria que robustece o lucro da burguesia e ilude a pobreza desinformada. Cheque em branco nas mãos do mal, refletido em sangue, tragédias e violência generalizada. Uma mentira cujo prazo de validade expira nas últimas páginas nos jornais do dia seguinte!

(por Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor)

Nenhum comentário

Postar um comentário