10 de abr de 2017

[Falando em]: Venenosa — de Fê Friederick Jhones

Eu baixei esse livro gratuitamente (em formato digital), e resolvi lê-lo. Afinal de contas, já li “Ímã de Traste” (para conferir a resenha, clique AQUI), outra obra da autora Fê Friederick Jhones  que, aliás, gostei muito. o/ Confira a sinopse e resenha de “Venenosa”, uma publicação independente/digital. 



Sinopse: Anitta é uma mulher linda, capaz de atrair a atenção de qualquer homem e a inveja de todas as mulheres, ela sabe disso e aproveita. Seu objetivo é claro: um marido rico e uma casa na Riviera Francesa, nada menos. Seu coração é à prova de amor, seu primeiro lema é "amar jamais", só que ela não esperava ser desafiada pelo belo e sorridente garçom Heitor, ele é tudo que ela não quer, mas a vida parece pronta a brincar com seus planos. O que Anitta não faz ideia é de que Heitor esconde um grande segredo e isso pode mudar o rumo da vida dos dois. 



“Porque o amor pode quebrar todas as barreiras” 







Um enredo instigante! 

Anitta Bragança namora Philipe Ayres, um homem de 58 anos, dono de uma rede hoteleira. Deslumbrada com as regalias que desfruta, pouco se importa com a diferença de idade, pois almeja o melhor. Ela tem um irmão, Charlie, o qual Philipe não permite estar ao seu lado, pois é viciado em jogos e só lhe traz problemas. Porém, em um dos eventos promovidos pelo namorado  Annie , como é chamada pelo irmão, descobre que ele está em apuros. Eis que ela conhece Heitor, um lindo homem de olhos azuis, que está trabalhando como garçom no evento e que, por fim, ajuda ela a encontrar o irmão. 
Segui suas ordens, ainda me sentindo estranha naquele lugar. Heitor era o símbolo de tudo que eu precisava evitar, simples, bonito e pobre, mas me senti levada até o banquinho colocado na rua, esperando que ele me trouxesse o Dogão Top, o melhor de todos os tempos, segundo a propaganda estampada na barraquinha. O cheiro era bom, e eu esperava não me arrepender daquela noite. (Livro: Venenosa, Cap.3) 
Heitor aparece no prédio em que Anitta mora, procurando-a. E mesmo na dúvida, ela aceita o convite dele para tomar um lanche. Ele a leva para comer um hot dog, algo que a deixa consternada, porém acaba por se tornar prazeroso, além de despertar nela sentimentos verdadeiros. Heitor não acredita em princesas, mas enxerga em Annie algo diferente. Ele se mostra para ela como um homem de origem humilde, mas a verdade é que ele é herdeiro de uma multinacional de aço. 
Ela não respondeu, deixou apenas que eu me aproximasse. Menos um tijolo na muralha, mais um pedaço do meu coração que deixei com ela. Não podia evitar, Anitta já me mudava de um jeito que não sabia sequer explicar. (Livro: Venenosa, Cap.8) 
O namorado de Anitta está viajando a negócios. Desta forma, ela e Heitor acabam por se aproximar, tornando-se amigos e envolvendo-se. Porém, Philipe retorna. 
 Venenosa? Isso é ridículo! Anitta é... Intocável, distante, fria, mas isso é apenas uma máscara que ela acha que precisa usar. Existe algo a mais e é isso que quero descobrir. Sinceramente, não acho que ela queira o mal de ninguém. Apenas não sabe o que realmente precisa. (Livro: Venenosa, Cap.10) 
Anitta tem um passado sombrio, do qual foge e não gosta de se lembrar. Contudo, esse passado está de volta, ameaçando-a e colocando todos em risco. Agora cesso os meus comentários para não soltar mais spoilers

Venenosa é um enredo instigante, onde alguns personagens sofrem com dores do passado. E mesmo que o fim não justifique os meios, pude compreender a incapacidade dos irmãos Bragança, tentando encontrar uma solução, e, ao mesmo tempo, apaziguar as mágoas que permeiam o coração. De início dei algumas risadas, o que imaginei que continuaria, pois me embasei no outro livro da autora que li, que é bem divertido. Mas desta vez ela criou um romance permeado em segredos e de base dramática. 

Eu não consegui sentir empatia por Anitta. Ok! Ela teve uma triste história, mas eu só senti verdade nela quando acontece um fato dilacerante e que eu não esperava. Ao contrário de Heitor e David, que ganharam o meu coração logo de cara, pois ambos são lindos, amáveis e brincalhões. Os personagens secundários, mesmo tendo pouco espaço na trama, são de suma importância, deixando o enredo mais instigante. Eu gostei bastante do epílogo, mostrando uma renovada Anitta, permitindo-se viver. Por fim, para você que curte um pouco de tudo, ou seja, romance, mistérios, drama e um final (ah, eu não vou contar... vou deixar que vocês descubram), eis essa boa pedida. 

O livro é narrado em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação está boa, no padrão do formato digital; e a capa estampa uma Anitta  digamos assim  Venenosa. 


Livro: Venenosa 
Autora: Fê Friederick Jhones 
Gênero: Romance/Drama 
Publicação Independente – Formato Digital 
Ano: 2016 
Páginas: 396

Nenhum comentário

Postar um comentário