19 de set de 2014

[Falando em]: A marca de uma lágrima — de Pedro Bandeira

Resenhar este livro é sem igual! Aliás, essa foi uma obra que muito me marcou na adolescência, e que não sei por qual motivo, acabou caindo no esquecimento. Na verdade, recordei-me dele dias atrás, quando vi uma postagem no blog da minha amiga/blogueira "Fernanda Braga", também dizendo o quão importante foi esse enredo em sua vida.

Eu conheci "A marca de uma lágrima" anos atrás, quando tive que lê-lo para um trabalho de escola. E posso dizer... Depois do trabalho, o reli por diversas vezes  e também sempre sonhei com esse enredo no cinema. Portanto, confiram agora a sinopse, book trailer (editado por euzinha \o), e também a sinopse e resenha. Confiram:



Sinopse: Isabel, uma jovem inteligente e criativa de 14 anos, apaixona-se por seu primo Cristiano, que é apaixonado por Rosana, sua melhor amiga. Como seu amor não é correspondido, Isabel encontra um caminho para declarar-se a ele: escrevendo cartas românticas, que são assinadas pela amiga Rosana. Obcecada por esse sentimento, a adolescente nem se dá conta de Fernando, que a ama e está sempre por perto como um bom amigo. O assassinato da diretora da escola muda os rumos dos acontecimentos, e Isabel corre risco de vida por ter testemunhado mais do que devia. No hospital, descobre seu verdadeiro amor por Fernando.


Ps.: Vídeo editado por Simone Pesci.
Da massa confusa de dançarinos, uma figura destacou-se. Foi como se os mais ousados sonhos de Isabel tivessem tomado corpo e forma.Corpo e forma de sonho.O sonho dos sonhos de Isabel.Ele se aproximou, com aquela luz maluca fazendo brilhar seus dentes e o branco de seus olhos.E que dentes!E que olhos! (Livro: A marca de uma lágrima - Pág.10)
Trata-se de um enredo infanto-juvenil, com sua primeira edição publicada em 1985. E, por sinal, a edição que tenho aqui é de 1986, uma das primeiras. 

Eu não sou uma adolescente, mas ainda aprecio muito todo tipo de leitura (até mesmo a juvenil), desde que a mesma toque o meu coração. E reler esta obra foi extremamente prazeroso, pois é um enredo muito bem escrito e digo mais... Poético! Tenho certeza que Pedro Bandeira ainda toca o coração de muitos com essa linda leitura. E, de certa forma, agradeço a ele por ter feito desta uma das minhas primeiras leituras. S2

Pois bem... O livro não é extenso, com apenas 94 páginas transbordadas em sentimentos. Aliás, eu andei verificando por aí, e descobri que as novas versões são mais extensas. Não sei se pela diagramação ou o quê (?) Mas, de fato, eu não troco este meu exemplar (já um tanto tarimbado), por nada no mundo. rs
Todos os papéis que importavam, porém, já tinham sidos escritos. E todos por Isabel. Foram eles que geraram e alimentavam ainda o amor daqueles dois. E destruíram a esperança da autora. Em muitos deles, ficara apenas a marca de uma lágrima. Pingada na solidão de seu desespero. (Livro: A marca de uma lágrima - Pág.48)

Porque escrever poesia não é para qualquer um...

Pedro Bandeira nos apresentou um lindo enredo adolescente, daqueles que você fica relembrando muitas coisas pela qual já passou, também na adolescência. Não é o caso de todos, mas posso afirmar que, ao menos pra mim, por diversas vezes me senti uma Isabel... E arrisco a dizer que às vezes ainda me sinto. rs

A marca de uma lágrima é uma história em formato de poesia... Uma lindeza sem tamanho, onde a protagonista, Isabel, se apaixona por seu primo, Cristiano... Que se apaixona por sua melhor amiga, Rosana. No entanto, Isabel conhece Fernando, que se torna seu grande amigo e que está apaixonado por ela (o coração tem dessas coisas mesmo). hahaha

A narrativa está em terceira pessoa, e os diálogos são bem divertidos e sugestivos. Digo até que alguns lindamente escritos (coisa de poeta mesmo). Salve, salve Pedro Bandeira! \o/ O livro é breve, com uma abordagem dinâmica e principalmente muito bem escrito. É o tipo de leitura que toda pessoa no mundo deve apreciar, nem que por única vez. Por fim: para os apreciadores de uma breve e linda história adornada  por poesia, eis uma excelente pedida. \o S2


Mas vale um fim trágico do que uma tragédia sem fim..."

P.S: Deu pra sentir a poesia em forma de texto ou o texto em forma de poesia? 
Simplesmente sensacional!!! #EU #MEGA #INDICO

Livro: A marca de uma lágrima
Autor: Pedro Bandeira
Editora: Veredas
Ano: 1986
Páginas: 94

2 comentários

  1. Aiiii que livro lindo!!!
    Li emprestado da biblioteca, agora PRECISO de um exemplar pra mim!!!!
    Adorei a Isabel, que moça encantadora!
    Que história mais gostosa e poética!
    Sem igual!
    Além de ser supergracinha!!
    um amor!!!
    bjooooooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Ana! Eu amo enredos assim, ou seja, com adolescentes e romântico. Sem contar que Pedro Bandeira é o cara... Ele escreve para tocar corações. S2

      Volte Sempre!

      Beijosssss

      Excluir